Afinal, como devo voltar ao treino depois de um período afastado?

É muito bom quando estamos no ritmo de praticar a atividade física, não é mesmo? Indo todo dia, tendo uma alimentação saudável e principalmente vendo os resultados. Só que infelizmente existem situações que nos afastam disso. Pode ser uma lesão, uma doença ou até mesmo o desânimo. Isso acontece com todo mundo, mas é preciso ter força de vontade para conseguir voltar ao treino.

Como fazer isso? Sim, existe um jeito certo. É necessário reaprender os movimentos, ter disciplina, não faltar e voltar à rotina de alimentação saudável. Todos esses quesitos vão ajudar no seu retorno. Tenha em mente que não será fácil, afinal, o corpo se desacostuma rapidamente e você vai sentir dificuldades com certeza. Mas o importante é não desistir.

Se identificou com a situação? Então este é o texto certo para você. Aqui, vamos dar dicas sobre o que fazer e sobre o que não deve ser feito nesse momento. Mantenha sua força de vontade e foque nos benefícios que isso vai trazer. E aí, ficou interessado em saber como é? Continue a leitura e descubra mais sobre o assunto!

O que fazer para voltar ao treino?

As pessoas acreditam que, por terem treinado um tempo antes de parar, elas não precisam passar por um período de adaptação. Mas a realidade é totalmente diferente. Depois de algumas semanas ou meses parado, o seu corpo se desacostuma e faz com que você volte a ser um iniciante.

O American College of Sports Medicine, o ACSM, define que para uma pessoa ser considerada ativa ela tem que ter praticado, pelo menos, 6 meses de atividades constantes. Além disso, isso deve ser feito no mínimo 3 vezes por semana em sessões de cerca de 1 hora de duração. Claro que a definição tem limitações, mas no geral é o que se segue para considerar alguém iniciante.

Entretanto, se a pessoa já treina há bastante tempo, ela cria a chamada memória muscular. Isso nada mais é do que a facilidade de reaprender o exercício. O período de adaptação desse tipo é mais rápido. Quanto mais tempo você treinou, mais fácil será para retomar a forma anterior. Porém, de modo geral, voltar ao treino é igual nos dois casos, sendo que quem tem mais experiência apenas se adapta mais rápido.

Defina metas antes de voltar ao treino

Antes de tudo, se pergunte qual é o seu objetivo. Depois disso, defina uma meta. Isso vai ajudar a incentivar todo o restante, como manter a disciplina, comer melhor e respeitar seus limites. Estabeleça objetivos tangíveis, pequenas ações que você possa cumprir sem desistir. Cada vez que alcançar um deles, não deixe de comemorar e faça com que isso lhe dê forças para seguir em frente.

Reaprenda a fazer os movimentos

Achar que já sabe o que fazer e como deve ser feito é um dos erros mais comuns de quem já treinou, teve que parar e agora está voltando. Nesse ponto, as pessoas começam a fazer os movimentos mais complexos e pesados. Entretanto, em tais casos, o mais indicado é voltar ao treino com calma.

Use menos cargas e faça mais repetições, assim você vai ter a reaprendizagem motora. Se seu tempo parado não for tão grande, logo fará o exercício da maneira correta. Apesar disso, será comum conviver com as dores e um cansaço maior. Mas tudo isso vai diminuindo ao longo das semanas.

Não faça intervalos na primeira semana

O primeiro dia é sempre mais tranquilo. Sua disposição e sua determinação estão lá em cima. Porém, ao longo da semana o corpo vai sentindo os efeitos da mudança de atitude. Por consequência, ele começa a boicotar você e surge aquela sensação de cansaço excessivo. Mas calma, isso é normal. O importante é evitar faltar nesse momento, pois uma readaptação está sendo feita e dar um espaço muito grande vai interrompê-la.

Volte a ter uma alimentação equilibrada

Essa é uma dica importante, afinal não adianta voltar ao treino e não ter uma alimentação saudável. O que você come vai influenciar diretamente o seu desempenho. No início, a sua dieta tem que ser mais leve, para estar de acordo com as atividades de menor intensidade. Não é necessário introduzir alimentos hipercalóricos ao menos nas primeiras semanas, por exemplo. O seu corpo ainda está em fase de adaptação e ainda não demanda muita energia extra.

Não deixe de se alongar

O alongamento, principalmente na época de voltar ao treino, é essencial. Ele ajuda a evitar lesões e a diminuir aquela dor muscular típica do período. Tire de 10 a 15 minutos para se alongar antes do exercício porque essa é uma ótima maneira de soltar a musculatura. Não deixe de pedir dicas ao profissional de educação física nesse momento.

O que não fazer?

Bom, agora que você já sabe a melhor forma de voltar ao treino, é bom deixar claro as coisas que não devem ser feitas. Um passo em falso e a pausa pode voltar a ser uma realidade na sua vida. Afinal, o objetivo aqui é manter a fase saudável de exercícios e da alimentação correta, não é mesmo? Por isso, é importante NÃO fazer:

  • deixar de definir suas metas e seus objetivos antes de voltar;
  • desrespeitar o seu corpo e ir além do que aguenta;
  • pular os períodos obrigatórios de descanso;
  • voltar aos exercícios de alta intensidade sem se preocupar com as cargas pesadas;
  • não comer bem e continuar uma dieta com comidas calóricas que vão interferir diretamente no seu desempenho;
  • deixar de ir à academia regularmente e não acostumar o corpo a praticar exercícios;
  • não consultar um profissional antes de iniciar os treinos;
  • deixar os suplementos de lado;
  • continuar dormindo mal e menos do que é necessário;
  • esquecer de fazer o alongamento antes e depois das atividades;
  • voltar o exercício sem a autorização de um médico em caso de lesões ou doenças;
  • tomar relaxantes musculares ao sentir as dores comuns da primeira semana;
  • desistir de voltar por encontrar dificuldades.

Como você pôde ver neste texto, existem diversas atitudes que precisam ser tomadas para voltar ao treino. É importante ter metas definidas, não desistir diante das dificuldades, respeitar seu corpo e se alongar sempre que possível. Seja por lesão, doença ou até mesmo por preguiça, não deixe que o motivo que o levou a parar volte a fazer parte da sua vida. Siga as nossas dicas e alcance os seus objetivos.

E aí, gostou do conteúdo? Comente no post quais são suas dúvidas, o motivo que fez você parar e como pretende voltar à sua rotina. Seu comentário é muito importante para nós.

deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *