Guia rápido sobre palatinose

A palatinose é um suplemento alimentar com características especiais e que tem uma atuação única. É conhecida, também, como isomaltulose e trata-se de um carboidrato funcional.

O componente é inteiramente digerível e libera a glicose aos poucos na corrente sanguínea. Sua origem está na sacarose, um açúcar que pode ser encontrado na cana-de-açúcar, frutas ou beterraba.

Para começar a incluir esse suplemento em sua alimentação, veja este guia rápido com as informações importantes sobre palatinose.

Como é a atuação do componente?

A palatinose é um carboidrato que tem grande absorção, mas uma liberação bem lenta no organismo. Após a sua ingestão, o corpo “solta” a glicose formada aos poucos dentro da corrente sanguínea. Isso evita os picos glicêmicos, os quais podem dar origem a uma hipoglicemia de rebote.

O funcionamento, portanto, baseia-se no fato de que o carboidrato é a principal fonte de energia do organismo. Com a sua metabolização, o corpo ganha um reforço de forma consistente e constante.

Quais são as vantagens da palatinose?

O uso desse suplemento é especialmente recomendado para pessoas que desejam emagrecer — mais do que para quem busca a hipertrofia, por exemplo. Isso se deve a alguns benefícios específicos do seu consumo. A seguir, veja quais são os principais pontos positivos da suplementação.

Apresenta baixo índice glicêmico

Os carboidratos de alto índice glicêmico são aqueles que, ao final do metabolismo, liberam uma quantidade muito grande de glicose. Isso gera picos que, por sua vez, exigem uma liberação intensa de insulina.

A palatinose, por outro lado, faz com que a liberação seja gradual, de acordo com necessidades específicas. Assim, trata-se de uma versão com baixo índice glicêmico, o que melhora o equilíbrio do organismo ao longo do tempo.

Fornece energia por um período maior

Como tem uma liberação gradual de glicose, esse carboidrato faz com que o “combustível” também seja solto aos poucos, em pequenos “pacotes”. Acima de tudo, é uma forma de garantir que as células recebam o que é necessário por mais tempo, o que gera maior disposição.

No caso oposto, os carboidratos que liberam tudo de uma só vez geram um pico elevado de energia. Com o passar do tempo, o efeito é exatamente o contrário, o que prejudica a atuação das estruturas corporais.

Melhora o desempenho no treino

Um dos fatores relevantes para conseguir uma boa performance no treino é lidar com o cansaço. A fadiga muscular e do organismo em geral faz com que o desempenho seja prejudicado ou abreviado. Assim, é preciso treinar mais vezes para conquistar o mesmo efeito.

Como a palatinose libera energia de maneira consistente e prolongada, o praticante consegue render no treino, por um período estendido. Trata-se de uma qualidade essencial para certas modalidades, como as de duração longa ou com grande intensidade. Ao final, isso permite obter um resultado muito melhor, de modo a atingir objetivos específicos.

Favorece a queima de gordura

Um dos motivos para o corpo queimar gordura é quando ele não encontra outras fontes de energia. Quem diminui a ingestão calórica e acelera o metabolismo, por exemplo, vê tal quadro acontecer com maior intensidade.

Porém, se você já oferece o que o corpo precisa, ele não tem nenhum motivo para recorrer à camada adiposa, certo? Com os carboidratos de índice glicêmico elevados, é isso que acontece. A grande reposição dos elementos de energia faz com que o corpo use as reservas sem precisar recorrer às células de gordura.

Com a palatinose, entretanto, a liberação pode ser menor que o consumo, dependendo da intensidade e da duração do treino. Como resposta, o corpo oxida as células de gordura. Isso leva à perda de peso e, portanto, trata-se de um ótimo suplemento para quem busca mais definição muscular e diminuir o número da balança.

Melhora a sensação de saciedade

Como libera energia de maneira constante, sem picos de glicose, não ocorre a hipoglicemia de rebote. Isso significa que é menos provável que você sinta uma vontade incontrolável de comer doces, por exemplo. Também é um impacto que diminui os riscos de sofrer enjoos e tonturas por causa da variação brusca.

Para completar, o consumo de palatinose como suplemento faz com que a sensação de saciedade seja intensa. Como a liberação energética é constante, você se sentirá satisfeito por mais tempo, o que evita ataques à comida fora de hora.

Como consumir esse suplemento?

A melhor forma de aproveitar todos os pontos positivos desse carboidrato é tomando-o corretamente. Respeitar o momento, a quantidade e outras dicas faz com que a atuação ocorra exatamente conforme o esperado. Na sequência, aprenda a usar esse elemento da melhor maneira e tire as suas dúvidas.

Acerte na quantidade

Cada treino e cada organismo têm uma necessidade. Dependendo do nível de energia que deve ser liberado, o consumo será maior ou menor.

Como parâmetro, o ideal é ingerir de 15 a 18g, diluídos em uma bebida. A atuação acontece aos poucos e de forma prolongada. Também é fundamental não exagerar na quantidade, já que o resultado pode ser contrário ao esperado devido ao acúmulo de glicose que não é gasta.

Suplemente na hora certa

O momento de ingestão também conta para que os efeitos sejam os desejados. Por causa da liberação lenta e contínua de energia, o melhor é recorrer ao consumo realizado ainda no pré-treino. Na execução das atividades, o corpo terá o suprimento necessário.

Em alguns casos, vale a pena fazer a ingestão durante a prática. Isso ajuda a manter e a aumentar o rendimento, além de oferecer todos os outros benefícios.

Compre um produto de qualidade

Não se esqueça de contar com um produto de qualidade, com procedência reconhecida e garantida. Fazer uma compra adequada é essencial para ter máxima segurança e poder usar o suplemento sem preocupações.

Prefira lojas famosas no mercado e desconfie de ofertas milagrosas ou de produtos pouco conhecidos. Ao acertar na marca, os efeitos positivos se acumulam.

A palatinose é um carboidrato de baixo índice glicêmico e muitos benefícios. Com a ingestão adequada, o componente ajuda a queimar gordura e a obter um treino muito melhor.

Restou alguma dúvida sobre o consumo desse elemento? Use o espaço nos comentários e participe!

deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *