Hipercalórico: Um guia com tudo o que você precisa saber

STU_0134

Ao contrário da enorme demanda popular por suplementos para ajudar na redução do peso, como é o caso dos produtos termogênicos, há muitas pessoas que estão tentando fazer o oposto. Elas têm grande dificuldade em ganhar alguns quilos na balança ou aumentar os seus músculos, por isso, muitas vezes já escutaram ou leram alguma sugestão sobre o uso de hipercalóricos.

Na vida corrida em que vivemos, a maioria de nós tem pouco ou nenhum tempo para cuidar das nossas necessidades nutricionais. Um dos efeitos disso, é que nem todos são capazes de alcançar os objetivos de ganho de massa magra ou consumo alimentar. Independentemente da disponibilidade da nossa agenda, a verdade é que nossa aparência tem um papel importante em nos motivar e aumentar a confiança.

Quando você entra no mundo dos exercícios, costuma ser bombardeado com muitos termos e informações que visam ajudá-lo a obter o físico desejado. Enquanto grande parte dessas novidades podes ser compreendida facilmente, entender o mundo dos suplementos é um tanto quanto complexo para a maioria.

Pensando em tudo isso, trouxemos um verdadeiro guia sobre o uso de hipercalóricos. Se você não quer correr o risco de ter um conhecimento superficial sobre assunto, continue a leitura e saiba mais!

O que é um hipercalórico?

Em primeiro lugar, é essencial se familiarizar com o básico sobre os hipercalóricos. Esse tipo de suplemento é projetado especialmente para ajudar a fornecer ao consumidor tudo o que ele precisa para ganhar peso mais rapidamente.

Ele não é, especificamente, um suplemento de construção muscular, mas sim voltado para pessoas que lutam para conquistar ou não perder quilos — como indivíduos com metabolismo extremamente alto e atletas com elevado gasto energético.

Geralmente, os hipercalóricos possuem grandes quantidades de calorias e nutrientes. Esse suplemento tem como objetivo proporcionar de maneira simples a ingestão diária de energia e macronutrientes necessários ao seu organismo.

Por que ele é recomendado?

Você provavelmente já sentiu o desejo de aumentar e acrescentar músculos ao seu corpo e sabe que não é o único. Milhares de pessoas planejam e começam a seguir um novo tipo de treino todos os dias. Infelizmente, nem todos conseguem alcançar as metas inicialmente planejadas, não é mesmo?

Existem inúmeros obstáculos que podem impedi-lo de fazer as transformações desejadas e uma das maiores é a falta de progresso. Apesar de frequentar academia e desgastar os músculos todos os dias, muita gente não consegue obter os resultados que almeja. E isso pode ser extremamente desanimador.

Se o seu objetivo é ganhar força e músculos, então, como regra fundamental, deve aumentar suas calorias diárias acima dos níveis de manutenção, a fim de fornecer ao seu corpo os nutrientes suficientes para construir mais tecido muscular.

Todavia, em diversos casos, mesmo que com a adesão a uma alimentação saudável e aumento gradual dessas calorias, alguns, com o tempo, param de notar os resultados ou se queixam que fica difícil preparar e consumir muitas e mais refeições a cada dia. Essa pode ser hora de considerar o uso de um suplemento hipercalórico.

Qual a função de um hipercalórico no organismo?

Basicamente, sua função é adicionar — de maneira prática, conveniente e de baixo custo — calorias de proteínas, carboidratos e as vezes gorduras a sua dieta. Isso é especialmente necessário quando alguém sofre em conquistar o aumento do peso e do desenvolvimento muscular.

Os hipercalóricos são indicados principalmente para 4 tipos de pessoas:

  • aquelas com uma rotina muito ocupada, que têm dificuldade em administrar ou conseguir tempo suficiente para ter uma dieta adequada;
  • pessoas com o apetite reduzido, que não consomem a quantidade ideal de alimentos para satisfazerem suas necessidades calóricas essenciais no crescimento;
  • os extremamente magros, que mesmo comendo muito não conseguem aumentar os números na balança;
  • atletas de alto nível com altas demandas energéticas, que são praticamente incapazes de serem alcançadas por meio da alimentação habitual.

Quais são os benefícios desse tipo de suplementação?

Aqui estão algumas das razões pelas quais você deve optar pelos hipercalóricos:

Aumento do consumo de calorias

Como citamos, um benefício claro dos hipercalóricos é aumentar seu consumo de calorias e permitir que seus músculos cresçam mais. Você pode levantar pesos o dia todo e até se arriscar a sofrer lesões na musculação, mas nunca verá um aumento no tamanho e na força se não alimentar o corpo com os nutrientes necessários.

Nivelamento de macronutrientes

Um bom ganho de massa deve ter uma proporção de carboidratos, proteínas e gorduras especialmente dividida para o desenvolvimento de músculos.

Isso pode ser difícil de realizar com alimentos sem pesagem, contagem de calorias e toda essa complicação. Por isso, ter uma mistura que proporcione exatamente o que seu corpo precisa para crescer, certamente, contribui para o seu físico e sua saúde.

Fornecimento de energia

Além de ajudar a aumentar as calorias consumidas, os hipercalóricos estão cheios de proteínas e carboidratos de alta qualidade. Tudo isso, combinado a micronutrientes, ajudarão você a ter a energia necessária para completar os treinos.

Nesse sentido, os carboidratos simples são especialmente úteis, uma vez que são rapidamente absorvidos e aumentam os níveis de glicogênio muscular. Assim, fornecem aquele gás na hora no treino.

Fornecimento de minerais e outros nutrientes importantes

A maioria dos hipercalóricos contém whey protein, albumina e creatina em sua composição, além de vitaminas e minerais fundamentais à nossa saúde como o cálcio e o sódio. Essa é uma combinação incrivelmente poderosa de nutrientes que promove o equilíbrio do organismo.

Auxilia na recuperação e no crescimento dos músculos

Tomar aminoácidos essenciais e não essenciais com o whey — e outros presentes nesse tipo de suplemento —, é como uma super fórmula para o desenvolvimento de músculos grandes e saudáveis.

Por ajudar na recuperação muscular eles também colaboram para você manter um cronograma de treino consistente e continuar ganhando massa muscular e força sem faltar a academia.

Mantém seus ganhos enxutos

Uma vez que os hipercalóricos são especificamente formulados com quantidades corretas de macronutrientes, seus ganhos serão muito melhores do que se você comer uma grande quantidade de alimentos que poderiam incluir muito mais gordura, por exemplo frituras ou alimentos processados. Isso ajuda seus ganhos a serem, principalmente, no músculo em vez de um excesso de gordura corporal.

Qual a composição desse tipo de suplementos?

Os principais macronutrientes ofertados nos hipercalóricos incluem:

Carboidratos

Existem diversas fontes de carboidratos que são indicadas para diferentes finalidades. Algumas delas são:

  • dextrose;
  • maltodextrina;
  • frutose.

Se você tem como meta o ganho de peso, o seu plano de nutrição deve consistir em pelo menos 60% de carboidratos. Os carboidratos de qualidade fornecem energia para alimentar exercícios vigorosos e melhorar o transporte e a utilização de proteínas. Também é muito importante consumir carboidratos após os treinos, pois eles ajudam na reposição de glicogênio muscular.

Dependendo do tipo de carboidrato, alto ou baixo índice glicêmico, os hipercalóricos serão focados mais no pós-treino — com carboidratos de alto índice — ou como substituto de refeição, contendo carboidratos de baixo índice.

Proteína

As fontes mais comuns são:

  • whey protein (concentrado ou isolado);
  • caseína;
  • proteína da soja;
  • colágeno hidrolisado;
  • albumina do ovo.

A maioria dos hipercalóricos contém uma mistura de fontes de proteína de absorção rápida, média e até lenta. O benefício de ter essa combinação em vez de apenas uma fonte de proteína é que, com ela, você obterá um perfil completo de aminoácidos.

Consumir uma quantidade suficiente de proteína é vital na reparação e reconstrução do tecido muscular.

Diferenças entre suplementos proteicos e hipercalóricos

A maioria dos frequentadores de academia querem conquistar músculos, para isso, além de aderirem a uma alimentação para ganhar massa magra, fazem uso de suplementos para ajudá-las a alcançar esse objetivo.

Entretanto, os que consomem somente proteínas ou aminoácidos isolados não querem apenas ganho de peso. Eles buscam mais músculos por meio de uma maior absorção de proteínas — isso é mais fácil para quem já tem um peso adequado e um bom suporte de carboidratos.

Já os hipercalóricos, geralmente, são usados por quem tem baixo peso ou alta demanda energética. Por terem muitos carboidratos quando comparado as proteínas, essa fórmula costuma oferecer mais calorias do que os suplementos puramente proteicos.

Algumas pessoas ingerem hipercalóricos aliados aos suplementos de proteínas. Mesmo que suas embalagens possuam semelhanças, eles melhoram seu corpo de formas diferentes. Pois, enquanto um ajudará você a atingir as suas necessidades energéticas o outro vai contribuir na oferta de proteínas.

Como usá-lo corretamente?

A fórmula para ganhar peso é realmente muito simples: a quantidade de calorias que ingerimos deve ser maior do que a quantidade de calorias que gastamos.

A melhor forma de usar suplementos e aumentar massa magra ou o seu peso total é buscar o acompanhamento de um nutricionista esportivo. Todavia, para auxiliar na estimativa das suas necessidades energéticas, existem várias fórmulas que calculam o seu gasto energético diário. Elas podem ser encontradas em diversos sites espalhados pela internet e fornecem uma boa base para esse cálculo.

Quantidade recomendada

A depender do peso, gênero, metabolismo, produto escolhido e objetivos desejados, a quantidade indicada pode variar muito. Além disso, alguns produtos têm uma quantidade maior de nutrientes e calorias em cada porção do que outros. Logo, consumir de forma exagerada, qualquer produto, pode causar sintomas desnecessários e indesejados.

Outro fator que deve ser considerado é que algumas pessoas têm um metabolismo muito alto e necessitam de mais calorias para ganhar peso do que outras, isso é muito individual. Assim, normalmente, quem está precisando ganhar apenas 5 quilos, necessita usar menos hipercalóricos do que alguém que busca ganhar 10, por exemplo.

Surgimento dos resultados

Depois que começamos um novo suplemento, bate aquela curiosidade: quando começo a ver os resultados? Bem, primeiramente, vamos fazer alguns cálculos básicos. Sabemos que 3.500 calorias traduzem-se em aproximadamente 1 quilo de peso corporal.

Vamos supor que você dividiu as porções do hipercalórico e agora é capaz de obter um extra de 500 calorias, todos os dias. Isso seria 3.500 calorias extras em uma semana, o que equivale apenas a 1 kg de ganho de peso semanalmente.

Então, depois de tomar seu hipercalórico todos os dias durante um mês, provavelmente você vai ganhar uma média de 4 quilos de massa corporal. Isso pode não parecer muito, especialmente considerando que sua meta seja alta, mas já é um grande salto. Lembre-se de que leva tempo para acumular músculos. Afinal, nada vai transformá-lo da noite para o dia, não é mesmo?

Todas essas imagens de transformação que vemos na internet são resultados de meses — até mesmo anos —, de treinamento intenso e aderência a uma dieta rigorosa.

Se você cumprir as suas metas, verá algumas mudanças significativas em seu corpo. É só uma questão de tempo, dedicação e calorias extras.

Quais os melhores horários?

Para decidir o melhor momento em que você deve tomar um hipercalórico, leve em consideração o tipo de suplemento que está usando. Pois, alguns produtos são adaptados para serem mais úteis em determinados momentos do dia.

No entanto, existem várias opções a serem consideradas caso deseje otimizar sua nutrição e dieta. Conheça as principais!

Ao acordar

Quando você acorda de manhã cedo, seu corpo está atualmente em estado catabólico. Além disso, imediatamente após o despertar, seu organismo ainda não recebeu nenhum tipo de nutrição, tornando esse um dos melhores momentos para tomar um suplemento.

Antes do treino

Nutricionistas e treinadores recomendam, em diversos casos, o consumo de proteínas e carboidratos cerca de 60 minutos antes do início do treino. Ao fazer isso, você está configurando uma janela anabólica antes dos exercícios. Seus músculos recebem nutrição adequada para que os efeitos da musculação não sejam tão severos.

Depois do treino

Após pegar pesado na musculação, chega o momento de alimentar seus músculos com grandes quantidades de proteínas e carboidratos de ação rápida. Dessa forma, o seu corpo pode impulsionar o ciclo de insulina e conduzir rapidamente os aminoácidos e o glicogênio até as células musculares.

O pós-treino pode ser o melhor momento para ingerir hipercalóricos, especialmente se você está tomando apenas uma vez ao dia. Neste momento, seu corpo será capaz de fazer o melhor uso deles.

As pessoas que sonham em aumentar sua massa muscular, devem sempre optar pelos hipercalóricos logo após o treino como parte de uma refeição regenerativa, ainda que seu consumo seja feito em outros horários.

Como ele possui uma quantidade relativamente pequena de proteína, uma porção adicional de aminoácidos deve ser incluída nas próximas 2/3 horas — na forma de alimentos naturais, como peito de frango, queijo cottage ou de suplementos proteicos.

Em situações excepcionais, quando não temos tempo para preparar uma refeição completa, ele também pode ser consumido durante o dia como substituto da comida normal, por exemplo, no lugar do lanche.

Os ectomorfos — aqueles indivíduos com o biotipo bem magro — podem receber tais suplementos em quantidades maiores e com mais frequência. Assim, é recomendado a primeira dose pela manhã, a segunda entre 1 e 2 horas antes do treino e outra após a atividade física.

Além disso, você pode aumentar o conteúdo calórico das refeições convencionais com a ajuda de um hipercalórico. Por exemplo, pode misturá-lo com leite, sucos, vitaminas, frutas ou iogurte natural.

Existe contraindicação para o suplemento?

Usar suplementos hipercalóricos não é indicado para quem sofre com diabetes, hipertensão ou hipotireoidismo. Quem tem alguma doença no fígado ou rins também deve ficar atento.

A melhor forma de garantir que não existe contraindicação e riscos para usar essas substâncias é consultando um médico ou nutricionista. Desse modo, você não arrisca a sua saúde em busca do corpo dos sonhos.

Possíveis efeitos colaterais

Embora sejam raros, tal como ocorre com todos os suplementos alimentares no mercado, há certos efeitos colaterais dos hipercalóricos que podem acontecer e você precisa estar ciente.

O efeito mais notável é que esses tipos de suplementos contêm muitos carboidratos, o que significa que eles podem aumentar seus níveis de açúcar no sangue. Por isso, caso em sua família haja um histórico de diabetes, fazer um teste de glicemia pode ser indicado.

Alguns usuários queixam-se de câimbras, inchaço e desconfortos intestinais. Isso é tipicamente o resultado de consumir uma elevada quantidade de calorias de uma só vez. Se isso acontecer, tente dividir a dosagem durante o dia — talvez misturá-lo com água e não com leite ou trocar a marca.

Também não se esqueça de possíveis alergias e efeitos colaterais inerentes a cada ingrediente separado que podem ser incorporados a um hipercalórico. Caso você seja alérgico a qualquer um dos componentes pode experimentar certas reações indesejáveis.

De forma geral, para quem não tem nenhuma alergia a qualquer um dos ingredientes contidos na fórmula, os suplementos para ganho de peso são completamente seguros para uso em adultos sem outros problemas de saúde.

O que mais é importante saber?

Hipercalóricos são ótimos aliados na busca pelo ganho de peso, mas usar esses suplementos sem se exercitar não é uma boa ideia. É recomendado apenas em situações específicas ou com a recomendação de um profissional especializado.

Além das circunstâncias mencionadas anteriormente, o uso desses suplementos em indivíduos com taxa metabólica normal não é necessário nem recomendado, devido ao risco de exceder as necessidades diárias de calorias e sobrecarregar o organismo.

A principal função dos suplementos hipercalóricos está relacionada à construção muscular, então eles andam de mãos dadas com exercícios de treinamento com pesos, como a musculação.

Isso não quer dizer que você não vai ganhar nenhuma gordura. Afinal, aumentar as calorias consumidas visando a criação de músculos também vai gerar uma massa extra de gordura. Por isso, não entre em pânico. Com o tipo certo de exercício, seu ganho de gordura será mínimo.

Lembre-se que se você tem lutado para ganhar peso, é altamente improvável que ganhe 20 quilos de gordura indesejada — especialmente se não cometer o erro que os outros cometem ao não se exercitar o suficiente.

Contudo, caso não tenha uma rotina de exercícios adequada enquanto estiver tomando esses suplementos você, muito provavelmente, vai engordar e não é de uma forma boa. Isso porque o hipercalórico não é algo mágico que você toma e, em seguida, fica imediatamente sarado.

Sendo assim, ainda é necessário trabalhar muito para esculpir seu corpo, treinando duro e, as vezes, até mais do que antes. Afinal, você já recebeu todas aquelas calorias extras que estão esperando para serem usadas!

Na hora de escolher qual hipercalórico comprar, há diversas coisas que você deve levar em consideração. Primeiro, ele deve ter uma boa relação entre a proteína e os carboidratos. Também é importante que seja produzido por uma empresa séria e que use matéria prima de qualidade. Tem mais: esse tipo de suplemento pode ter um gosto de remédio, então seja cuidadoso e procure por um que tenha sabor agradável.

Portanto, fique ligado e não cometa o erro mais comum que as pessoas que tomam suplementos com alto teor calórico em massa praticam ou você vai ficar bem longe de se transformar em uma montanha de músculos.

Ao olhar os prós e contras de um bom hipercalórico, tudo se resume aos seus próprios objetivos e necessidades. Pense: você pode facilmente e consistentemente atender às suas metas nutricionais diárias apenas com a alimentação, ou precisa de alguma ajuda para consumir a quantidade ideal de calorias?

Se você acredita que é um desafio atingir esses objetivos — um suplemento calórico realmente é uma coisa necessária. Ele ajudará você a preencher essa lacuna, proporcionando uma alimentação rápida, fácil de digerir e barata, com a qual, de outra forma, dificilmente conseguiria — apesar de ser ideal para aqueles que não conseguem encontrar uma maneira de atingir suas metas diárias apenas com a comida.

Por apresentarem uma ótima maneira de obter ganhos maciços rapidamente, sem ter que comer quantidades exageradas de comida todos os dias, no final das contas, optar por hipercalóricos é uma escolha totalmente individual e só você poderá fazê-la.

Esperamos que com esse conteúdo detalhado, tenhamos fornecido informações suficientes para você tomar uma decisão informada quando se trata de descobrir a necessidade ou não de um suplemento para ganho peso. Caso ainda tenha dúvidas, leia nosso post sobre o que considerar na hora der comprar um suplemento.

deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *