Saiba como escolher o melhor horário para treinar

Que praticar algum exercício físico é importante todo mundo já sabe. Alguns fazem por obrigação, mas outros amam fazer. Esses que gostam estão sempre em busca de melhorar o desempenho e procurando mais desafios. Para isso, é importante que se tenha objetivos bem definidos. Mas, no meio disso tudo, surgem muitas dúvidas sobre se existe, realmente, um melhor horário para treinar.

Você já fez esse questionamento? Então está no texto certo, pois aqui vamos falar exatamente sobre isso. Provavelmente seu horário é determinado de acordo com seus compromissos, não é mesmo? Mas, dependendo do seu objetivo, essa decisão pode influenciar. É claro que fatores como genética e memória muscular também ajudam, mas a escolha da hora certa é importante.

Está curioso? Calma! Aqui você vai conseguir essa resposta. Vamos trazer os tipos de atletas da musculação e as características de cada horário. Só assim será possível escolher a melhor hora para praticar a atividade física e melhorar a sua performance ainda mais. Vamos lá?

Quais os tipos de atletas da musculação?

A musculação é bastante procurada por quem quer iniciar uma atividade física. Ela é prática, pode ser feita em qualquer horário e certamente existe uma academia por perto. Mas, antes de praticar, é importante que as metas sejam bem definidas para que o profissional ajude você a alcançá-las.

E qual é a sua? O ganho de massa muscular é para aqueles que querem, como o próprio nome já diz, desenvolver os músculos. Você pode querer só ficar mais definido ou praticar a hipertrofia que é desenvolvimento ou crescimento excessivo de algum lugar do corpo. Sabe aquelas pessoas bem malhadas, como o Lucas Lucco ou o Leo Stronda? Então, eles praticam isso.

Mas, há quem vá malhar para a perda de peso. Sim, muitos acreditam que a musculação é só para ganhar. No entanto, a ideia é totalmente errada. A execução regular desse exercício também ajuda a emagrecer. E, por último, porém não menos importante, existem aqueles que estão em busca do desenvolvimento da resistência. Geralmente são atletas que querem fortalecer a musculatura e a atividade citada é muito boa para isso.

E qual o melhor horário para treinar?

Agora que você já sabe sobre os três tipos de atletas da musculação, vamos a resposta da dúvida principal: qual é o melhor horário para treinar. Um estudo realizado pela Universidade Northwestern mostrou que o tecido muscular se baseia no ritmo circadiano. Ele denomina o período de cerca de 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico de quase todos os seres vivos.

Mas o que isso quer dizer? Que existe um momento dentro desse período em que suas células musculares vão ser capazes de utilizar oxigênio para produzir energia com muito mais eficiência, melhorando, assim, a performance física. Ou seja, sim, existe uma hora melhor para se exercitar de acordo com o seu objetivo. Aqui vamos descrever os prós e contras de cada um deles. Vamos conferir?

Manhã

Existem aquelas pessoas que acordam com a maior disposição e vão praticar um exercício preguiça nenhuma. A vantagem deles é que o corpo está mais descansado para o exercício, principalmente para o aeróbico como a corrida, a natação ou, até mesmo, a pedalada. Isso faz com que o metabolismo fique acelerado dando mais disposição durante todo o dia.

Já para quem pratica a hipertrofia, o horário pode atrapalhar. Isso acontece porque a temperatura do corpo ainda está baixa, fazendo com que o rendimento dos músculos seja pequeno. Mesmo que no período do sono seja liberado bastante testosterona — essencial para a atividade —, ele não é indicado. Mas se for a única oportunidade que você tem, não esqueça de que é essencial fazer uma boa refeição. Pelo menos 1 hora antes do treino coma bem para evitar mal-estar ou refluxo.

Prós:

  • testosterona mais alta;
  • disposição mental maior;
  • bom funcionamento da memória.

Contra:

  • baixa temperatura corporal.

Tarde

Esse é o melhor horário para treinar hipertrofia. Isso porque tem o maior equilíbrio entre os fatores que contribuem para o crescimento: descanso, alimentação adequada, síntese metabólica e temperatura do corpo. O último atinge o ápice na tarde. Esse é um fator determinante para trincar os músculos, pois ajuda na queima da gordura, colabora para o aumento do fluxo do sangue e ainda deixa a pessoa com mais resistência e flexibilidade.

Além disso, também acelera o metabolismo e todas as suas reações. Entre elas, a produção de hormônios que ajudam a intensificar a potência física por meio do aumento da testosterona, que é responsável pelo crescimento e ganho de força. Porém, a maior desvantagem do horário é a falta de disponibilidade. A maioria trabalha, estuda ou, até mesmo, faz suas atividades cotidianas, por isso as academias quase sempre estão com os aparelhos livres.

Prós:

  • tolerância contra dores;
  • nível de adrenalina maior;
  • mais equilíbrio.

Contras:

  • menos energia perto do meio dia;
  • falta de disponibilidade.

Noite

Dos três horários para treinar, esse é o menos indicado para quem quer desenvolver massa muscular com rapidez. Isso acontece porque, na teoria, o corpo está se preparando para descansar. Claro que isso não é necessariamente uma regra, tudo vai depender, como dissemos lá em cima, do seu organismo ou da sua memória genética. Se a vida inteira os seus exercícios foram feitos nesse período, a diferença será pequena e não vai influenciar muito.

O ideal é você não ir treinar muito tarde porque isso pode atrapalhar seu sono e causar distúrbios como a insônia. Além disso, aqui ou como em qualquer outro horário, é importante cuidar da alimentação, principalmente no pós-treino para não causar desconfortos.

Prós:

  • coordenação motora e resistência física maior;
  • maior performance dos pulmões;
  • melhor concentração.

Contras:

  • aumento da melatonina após as 21 horas (hormônio do descanso);
  • metabolismo desacelerado.

Existem estudos sobre o assunto?

Sim, existem estudos sobre o horário para treinar. O Centro de Pesquisa da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, fez uma pesquisa com 40 homens que reforçaram a tese. Aqueles que utilizaram o período entre o final da tarde e à noite para a prática de atividades obtiveram melhores resultados metabólicos e energéticos, ou seja, eles favorecem a hipertrofia e a força.

Já o período da manhã foi mais eficaz para a realização de exercícios aeróbicos, por conta do corpo e da mente estarem bem mais descansados. Nos outros horários, a liberação de cortisol e tirotrofina são maiores entre 16 e 18 horas.

Conseguiu entender as características de cada horário para treinar? Como podemos ver, cada um tem sua particularidade tendo prós e contras. Independentemente da sua escolha, é importante que você defina seus objetivos e tenha disciplina e organização para melhorar seus resultados e sua performance.

Gostou do material? Que tal, então, ler também outro artigo que fala sobre a flexibilidade na musculação? Temos certeza vai interessar você. Até lá!

deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *