Metabolismo e queima de gordura: entenda a relação entre eles

Se você está tentando transformar o seu corpo por meio de dieta e exercícios físicos, já deve ter percebido que nem sempre ele responde como você gostaria. Tem semanas que o resultado vem mais rápido, em outras, as mesmas práticas não resultam na queima de gordura esperada. Isso porque essa equação passa por uma variável chamada metabolismo.


Neste post, vamos explicar a relação entre metabolismo e queima de gordura, como é possível acelerá-lo e que práticas e suplementos podem dar aquela forcinha na sua síntese de proteínas. Ficou interessado? Então continue a leitura e transforme já o seu corpo e metabolismo.

Entenda o que é metabolismo e a sua relação com a queima de gordura

Para transformar o seu corpo, você precisa entender alguns conceitos e a fisiologia do seu organismo para adaptá-lo. A primeira coisa é saber que metabolismo é o conjunto de transformações pelas quais passam as substâncias que o constituem: reações de síntese (anabolismo) e reações de quebra (catabolismo) que liberam energia. Ou seja, é o modo como o seu corpo transforma as calorias ingeridas em energia para a sua manutenção imediata ou futura (em forma de gordura).

Essa velocidade sofre fatores genéticos, ou seja, pode vir mais acelerada ou lenta de “fábrica”, mas também pode ser ajustada com algumas práticas.

Veja como o metabolismo influencia na queima de gordura

Agora que você já sabe o que é metabolismo, precisa saber que alguns hábitos ou práticas podem acelerá-lo ou retardá-lo, o que influencia diretamente no planejamento de quem quer queimar gordura acumulada.

Entre elas estão alimentar-se corretamente e de três em três horas — para que o corpo não pense que está passando por algum tipo de restrição e pare de queimar (catabolizar) gordura porque precisa de reservas para o futuro —, aumentar a quantidade de massa magra (o músculo consume mais energia do que outros tipos de tecidos) e ajustar a suplementação para que o corpo tenha um consumo inteligente de substâncias, aquelas que vão acelerar o seu metabolismo (favorecem o catabolismo) e não são transformadas em gordura.

Veja, detalhadamente, agora algumas dessas práticas e tenha mais sucesso no seu treino, metabolismo e queima de gordura.

Dicas para acelerar o metabolismo

Alguns hábitos e práticas podem transformar o seu metabolismo. Veja agora como e por que!

Treine regularmente

Treinar é um modo de queimar calorias. Só que, a cada treino, o seu organismo pede para você repor as calorias perdidas. Quando você treina regularmente, você está dizendo a ele que aquela situação não é um estado de exceção, é uma prática constante e que ele deve se habituar a isso. Além disso, o treino é um ótimo modo de “criar” músculos, que é um tipo de tecido que consome mais energia para a sua manutenção.

Consuma proteínas

Se treinar regularmente faz você gastar caloria e ter a necessidade de fazer a sua reposição, o melhor modo de fazer isso é ingerindo proteínas, que tem baixo teor de gordura e são o “alimento” preferido dos músculos. Ou seja, é a partir da síntese de proteínas que novas fibras musculares se formam.

Faça exercícios de alta intensidade

Apostar em exercícios de alta intensidade faz com que você queime calorias durante a realização da atividade e depois dela. De acordo com o professor David Nieman, da Appalachian State University, depois de 45 minutos de um treino de bicicleta, as pessoas eliminaram 190 calorias acima de sua taxa metabólica, após 14 horas do treino. Ou seja, essa lógica de treino possibilita a perda de até um quilo de gordura a cada duas semanas.

Não pule refeições

Ingerir um número pequeno de calorias pode funcionar no começo da dieta, quando se quer perder muitos quilos e se tem muita gordura para queimar. Mas, depois, o organismo começa a achar que a restrição de alimentos representa alguma situação de risco e passa a acumular (guardar) tudo, pois não sabe quando poderá se alimentar novamente.

Além de armazenar mais alimentos para queimar em situação de emergência, o corpo também entra em um modo mais lento na hora de usar energia, pois entende que está em situação crítica. Ou seja, o seu metabolismo e o gasto calórico ficam mais lentos. Por isso, não pule refeições, nem consuma quantidades irrisórias de calorias, isso não vai fazê-lo queimar gordura mais rápido.

Consuma grãos integrais

Grãos integrais são cheios de fibra e ocupam mais espaço na sua barriga. Eles também têm digestão mais lenta, o que dá sensação de saciedade. Considere acrescentar arroz integral, cevada, quinoa e aveia na sua dieta.

Beba mais água

Você já sabe o que comer, o quanto comer e como treinar. Agora precisa saber também que a água pode ser uma grande aliada. Sem ela, a sua sensação de cansaço aumenta, e o seu sistema metabólico fica prejudicado. Beba, então, de oito a 12 copos por dia.

Respeite as horas de sono

Parte da sua renovação celular e organização fisiológica se dá no período do sono, quando o corpo está descansando. Ou seja, não dormir, não só torna o seu metabolismo mais lento, como, inclusive, favorece o ganho de peso.

Pratique atividades aeróbicas

Além dos exercícios de alta intensidade e baixa duração, invista também nos exercícios aeróbicos, que são de baixa e média intensidade e longa duração, mas que ajudam na queima de calorias e melhoram a resistência cardíaca.

Conheça os suplementos que aceleram o metabolismo e queima de gordura

Além de comer, treinar e dormir bem, saiba que existem alguns suplementos que podem dar aquela força na hora de acelerar o seu metabolismo e a queimar gordura. Conheça alguns deles agora!

  • Cafeína —  ela estimula a quebra da molécula de gordura e dá energia, o que pode melhorar a sua performance durante o treino;
  • CLA —  é a sigla para ácido linoleico conjugado que tem múltiplas funções, como a ajuda no controle da insulina no sangue, redução da gordura abdominal, melhora da síntese de proteínas ligadas ao metabolismo e ação antioxidante;
  • Vitamina B6 —  a vitamina B6 ajuda com a produção de L-Carnitina, que é um aminoácido que ajuda nosso corpo a usar gordura para produção de energia, u seja, estimula a queima gordura;
  • Creatina —  melhora a performance muscular durante o exercício e auxilia no ganho da massa muscular, o que, como já dissemos, é um ótimo consumidor de gordura;
  • Termogênicos —  são substâncias que aceleram o metabolismo a partir do estímulo de outras, como é o caso da noradrenalina (neurotransmissor do sistema nervoso simpático e precursor de adrenalina), que acelera o coração e aumenta a termogênese e o calor interno do corpo, acarretando na queima de gordura corporal.

Estimule o seu metabolismo e queime gordura

Entender como o corpo funciona e o que fazer para acelerar certos processos é fundamental para quem está tentando mudar sua estrutura física e queimar gordura. Em um primeiro momento, deve-se observar se o seu organismo é mais lento ou se está só mal-acostumado.

Faça as mudanças necessárias, pratique exercícios físicos regularmente, mantenha uma boa alimentação, boas horas de sono, hidratação adequada e invista em suplementos. Outra dica importante é recorrer sempre a produtos reconhecidos pelo mercado e que tenham selos de qualidade fornecidos por outras instituições, como os da linha Max Titanium.

Com a leitura deste miniguia, você conseguiu entender como funciona o seu metabolismo e queima de gordura. Ele ajudará você a otimizar o seu treino para chegar ao seu objetivo rapidamente.

Se você ficou com alguma dúvida sobre metabolismo e queima de gordura ou quer saber mais sobre os nossos produtos, entre em contato com a gente!

deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados *